terça-feira, 2 de maio de 2017

Colectâneas de Contos




Ainda no âmbito do nosso 10º aniversário e atendendo às diversas sugestões que recebemos nestes últimos seis meses (que não nos cansamos de agradecer), vimos, por este meio, apresentar 2 colectâneas de contos. Uma delas, que será a primeira a ser publicada, por ocasião próxima do nosso aniversário, em Julho, de tema livre. A segunda, a publicar mais para o final do ano, será dedicada ao Natal (é o pedido mais antigo que temos, pois por ocasião da colectânea de poesia sobre esta temática, vários autores referiram preferir escrever prosa sobre o Natal). O motivo para apresentarmos já a Colectânea de Natal é que não colocaremos contos sobre o Natal na colectânea de tema livre.
Mais abaixo pode consultar o regulamento para participação em qualquer uma das colectâneas, ficando já a ressalva de podermos ter de vir a alterar qualquer detalhe relativo à de Natal, caso se justifique.
Apesar do regulamento de participação ser bastante detalhado, como habitualmente, estamos à vossa disposição para qualquer esclarecimento que seja necessário. Podem contactar-nos para este email ou pelo telefone 960131916.
Agradecemos que divulguem esta iniciativa, os participantes não têm de ter obra publicada, basta que escrevam em Português e, caso sejam menores, que haja 1 pai ou encarregado de educação que assine as permissões em nome do menor.
Ficamos a aguardar os vossos textos. Bom trabalho!

Teresa Cunha, editora



Colectâneas de Contos -: Regulamento geral de participação.

Para ajudar os autores a estruturarem as suas histórias vamos pensar em Conto como uma narrativa breve, fictícia ou baseada em factos reais, que conta situações rotineiras, engraçadas, interessantes. A linguagem deve ser directa, as personagens em número reduzido e com perfis bem definidos, mas sem necessidade de deduções complexas ou de profundas análises psicológicas. Mais do que noutros géneros literários é preciso ter bem a noção de: princípio, meio e fim, que aqui será uma introdução/apresentação, desenvolvimento da trama e conclusão.
Sendo assim, há elementos que devem constar, com alguma clareza, no vosso trabalho: espaço ou cenário; existir uma ou mais personagens (com uma descrição breve mas de fácil percepção “João tinha 76 anos e desde que se tinha reformado gostava de se levantar cedo e ver o sol nascer enquanto tomava o seu café com leite.”) acção e resolução (o mesmo que conclusão/mensagem). Voltamos a repetir, a história pode ser baseada tanto em eventos reais como ser completamente ficcionada.
Temática do Natal: Tem que haver referência ao Natal, seja a época do ano, figuras e tradições relacionadas com a época, memórias, mensagens, etc.
Apesar de haver liberdade artística e criativa para desenvolverem as vossas histórias, estas destinam-se a um público abrangente, por esse motivo os autores devem abster-se de escrever conteúdos que possam ser entendidos como incentivos a práticas criminosas, conteúdos ofensivos à liberdade de crença ou de convicção política; implicar qualquer tipo de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião, procedência nacional ou regional, etc.
- Para aqueles que não estão habituados a trabalhar com a Tecto de Nuvens, estes critérios estão sempre presentes quando avaliamos os trabalhos que nos enviam (não, não publicamos tudo o que nos é enviado) e, como poderão verificar, há sempre um disclaimer na ficha técnica dizendo que os conteúdos são da responsabilidade do autor. Esta informação serve tanto para terceiros poderem pedir autorizações relacionadas com a obra, como para, apesar de poder parecer óbvio, lembrar que cada autor escreve a sua opinião.
Neste caso específico, em que se pretendem juntar vários contos, convém que haja especial cuidado ao harmonizar conteúdos para que todos os autores beneficiem da oportunidade de chegar a um maior número possível de leitores. Neste sentido fica também a sugestão para que se evitem os palavrões (em algumas plataformas online este tipo de conteúdos é proibido, noutros implica o livro ser qualificado como “para adultos”; para um eventual uso académico/escolar, também não é conveniente). -
Cada conto deve ter um mínimo de 4000 caracteres (inclui espaços) ou 4 páginas 21,5 x 14,5 cm (altura x largura), margem superior, inferior e direita de 1,8 cm, margem esquerda, 2cm.
Tipo de letra: Garamond (tamanho 13), alinhamento justificado. Os contos não devem exceder os 15 000 caracteres (incluiu espaços) ou 12 páginas com as características descritas acima.
Biografia e bibliografia devem ocupar um espaço máximo (combinado) de 2 páginas.
- Cada autor pode participar com um máximo de 3 contos.
- Os textos podem ser inéditos ou já publicados (desde que detenham o copyright © deles) e devem vir acompanhados de uma declaração de honra em como são de vossa autoria. – Se participarem com mais do que um texto devem identificar na declaração o título de cada um. – Para além da declaração de autoria, os textos devem vir acompanhados de 1 página com a vossa biografia (que deve incluir a bibliografia, se a houver) actualizada, bem como os vossos endereços nas redes sociais, site, blogue, etc.
- Autores menores de idade necessitam que a permissão para participação e publicação seja assinada por um dos pais ou pelo encarregado de educação.
- Os textos deverão ser escritos em Português.
- Vamos receber os textos para a colectânea de tema livre até 31 de Maio de 2017 e até 10 de Junho necessitamos que os autores estejam disponíveis para as últimas revisões e acertos, dado o livro seguir para impressão até 23 de Junho de 2017. – A ideia é publicar este livro por ocasião do nosso10-º aniversário, 13 de Julho.
Para a colectânea de Natal, receberemos os textos até ao dia 30 de Setembro de 2017 e faremos o período de revisão até ao dia 15 de Outubro de 2017.
- A cada autor será cobrada uma inscrição para ajuda da arte da capa e despesas de envio (cada autor receberá 1 exemplar do livro por texto publicado).
1 conto = 8€
2 contos = 12,00€
3 contos = 15,15€
- Os pagamentos só serão solicitados quando se atingir o número mínimo de textos para possibilitar a edição. Receberão factura pelo pagamento, os valores já incluem IVA.
- Por cada livro vendido, retiradas as comissões e outras despesas inerentes às vendas, o lucro obtido (varia conforme a comissão do local de venda/distribuidor) será dividido da seguinte forma: 50% para a Tecto de Nuvens, 50% a dividir por cada texto publicado. Exemplo: Lucro de 2€; 1€ para a Tecto de Nuvens; 1€ a dividir por todos os textos (40 textos, por exemplo), o que dá 0,05€ por texto. Uns autores receberão 0,05€, outros 0,10€ e outros 0,15€ consoante o número de textos que publicarem. À semelhança do que acontece com os outros livros, os relatórios de vendas serão trimestrais e os pagamentos seguem o mesmo princípio do dos outros livros.
- O número de exemplares a publicar será uma decisão da Editora e será comunicado em devido tempo.
- O preço de venda ao público da obra será definido pela Tecto de Nuvens, tendo em conta o número de páginas da obra editada.
- O título do livro ficará a cargo da Editora, em princípio a escolha será feita entre os títulos dos textos a publicar.
- Os autores poderão adquirir mais livros do que aqueles que vão receber pela participação na colectânea. Terão desconto sobre o PVP de 25% para livros adquiridos em pré-edição e de 15% em livros adquiridos após a publicação (lembramos que ao abrigo da Lei do Preço Fixo durante os primeiros 2 anos após a publicação só em circunstâncias especiais os descontos podem ser superiores a 10%). As compras em pré-edição terão de ser feitas e liquidadas até aos prazos previstos para envio para edição, que serão comunicados/confirmados em devido tempo. Os autores recebem, naturalmente, comissão sobre os livros que adquirirem.
- Os direitos autorais das colectâneas pertencerão à Tecto de Nuvens, com a salvaguarda de que os direitos autorais dos textos pertencerão aos seus respectivos autores (ou representantes autorizados, conforme aplicável); ou seja os autores não cedem os direitos de autora à Editora, podendo utilizar o trabalho editado noutras edições que achem pertinentes.
- Todos os autores assinam permissão de impressão.
- Os autores que assim o desejarem podem colocar no final do livro publicidade aos seus livros, de acordo com a nossa tabela (quem já não tiver a tabela pode solicitar uma nova). Nota: como o miolo do livro será impresso em escala de cinza a opção da publicidade a cores não está, como é óbvio, disponível.


Nenhum comentário: